Dire O De Fotografia Canon T5i

7 dicas para definir o preço da fotografia 5 dicas de origami

A França, bem como Inglaterra, esteve em XVIIV um dos estados mais grandes e desenvolvidos da Europa Ocidental. Mas o processo da maturação do caminho novo, capitalista em um subsolo da sociedade feudal tinha em França em comparação com Inglaterra um número de características essenciais. Estas características à sua vez depois de uma originalidade econômica do feudalismo francês explicam-se porque no burguês de França a revolução aconteceu para 150 anos depois, do que em Inglaterra.

As camadas superiores da população urbana chamaram-se em França como a classe média que parte durante o XVII século já foi a classe média no sentido da palavra moderno. A classe baixa da população urbana fez-se por plebianism. Compôs-se de:

A transição ao capitalismo, bem como a qualquer outra ordem social, principalmente definiu-se pela existência de pré-requisitos econômicos maduros. Por isso, é natural que naqueles países onde o feudalismo esgotou as oportunidades econômicas, a transição ao capitalismo acontecesse antes, do que naqueles países onde o feudalismo ainda guardava posições. Para a emergência do processo de capitalismo da acumulação inicial da capital pela qual os pequenos produtores, principalmente camponeses, violentamente perderam meios do sustento tinha a importância econômica crucial e ficou legalmente livre enquanto os meios da produção se concentraram em mãos na classe média. Houve um trabalho livre que encontra a aplicação na cidade em fábricas novamente organizadas. Todo este rápido desenvolvimento fomentado do mercado e a transformação da produção de mercadorias simples no capitalista, isto é em tal produção pela qual os resultados do trabalho de cada pessoa tiveram de ganhar o reconhecimento público no mercado por meio do dinheiro.

Apesar das linhas positivas, a base estreita de fábricas que a pedra angular o velho pelos séculos ofício de cidade foi, logo pareceu em uma contradição com o rápido crescimento de exigências do mercado interno e estrangeiro que serviu uma das razões incentivas principais da transição à grande produção industrial. O papel importante neste processo desempenhou-se pela revolução industrial. O uso de carros permitiu a produção capitalista fazer a enorme ruptura das linhas inimigas para a frente no aumento da produtividade de trabalho e aumentá-lo até mais, tendo começado a criação de carros da produção de carros. T.o., os pré-requisitos da saturação criaram-se por mercadorias do enorme mercado aberto pelo capitalismo.

O rápido desenvolvimento do capitalismo na segunda metade do XX século levou à emergência do novo fenômeno na vida econômica – internacionalização da economia capitalista mundial. Amplificado vário, inclusive econômico, comunicações entre vários estados que trouxeram à vida novas formas da cooperação entre eles, tal como, por exemplo, integração econômica.

Do ponto de vista econômico toda a soma de vários deveres e os pagamentos dos camponeses franceses pode considerar-se como a massa uniforme do produto adicional tomado da classe camponesa. Este produto adicional compartilhou em quatro partes desiguais:

Se as relações capitalistas também entraram na agricultura da França, não na forma da regeneração burguesa em propriedades, como em Inglaterra, e na forma do desenvolvimento das relações burguesas no ambiente da classe camponesa: aluguel de interpaís, uso de trabalho de salário de vizinhos sem terra e pobres pela terra, alocação da classe média rural. Contudo tudo isso foi elementos não mais do que rudimentares do capitalismo na agricultura. Uma fazenda de país ampla de tipo de empresa – muito raro o fenômeno na aldeia francesa não só HVIIV., mas também XVIIIV.

O capitalismo como o tenor da vida da sociedade conseguiu o feudalismo. Como correspondendo a qualquer caminho os institutos políticos e legítimos formam-se principalmente com base na base econômica desta sociedade, e na análise do capitalismo a atenção principal deve prestar-se à consideração do seu sistema econômico que elementos básicos na compreensão comum são uma propriedade privada em meios de produção e uso do trabalho de salário.